Curitiba: MON, Bosque Alemão, Jardim Botânico e MAIS!

 Em janeiro desse ano fui pela primeira vez ao Paraná! Eu, minha mãe e meu irmão ficamos alguns dias em Curitiba e em Foz do Iguaçu (falarei sobre Foz no próximo post!). Só que, agora, dando uma olhada na categoria de viagens aqui do blog, me dei conta de que ainda não tinha feito um post específico sobre esses dois destinos! Como assim, né? Vamos lá! hahaha


 Chegamos no aeroporto de Curitiba pela manhã e fomos direto para o Hotel San Martin, onde ficamos hospedados, que fica localizado no Centro de Curitiba, bem perto da Rua XV de Novembro (seu trecho inicial também conhecida como Rua das Flores), da Praça Tiradentes, e tal. Deixamos as malas no quarto e já saímos para conhecer a cidade. Fomos caminhando até a Rua das Flores, mais especificamente até à Confeitaria das Famílias, onde paramos pra tomar café. 

Depois continuamos andando até a Praça Tiradentes, onde fica o ponto de partida do Ônibus de Turismo. Achei uma ótima opção conhecer os pontos turísticos dessa maneira! A gente compra a cartela com 5 bilhetes (que não precisam ser usados num dia só) e podemos nos locomover pela cidade com eles. Fora que viajar lá de cima é muito bom! (tirando o sol queimando nosso couro hahahaha)

Créditos: Blog Compartilhe Viagens


O primeiro lugar em que descemos foi o Museu Oscar Niemeyer (MON), também chamado de Museu do Olho, pelo formato do prédio. Não chegamos a entrar no museu, conhecemos apenas o entorno, que já é bem lindo!

Depois descemos na Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski, que, de todos os pontos, foi o que achei ter menos atrativos. Acho que a Ópera de Arame deve ficar linda em dia de show e tudo mais, mas como fui durante o dia, não tinha nada de mais.

Nossa última descida do dia foi no Bosque Alemão. Lá é bem legal e rende várias fotos, a Trilha João e Maria (que fica dentro do Bosque) também é super tranquila, maaaas, você vai sair de lá totalmente picada por mosquitos! Pelo menos foi assim comigo... e olha que passei bastante repelente!

 No dia seguinte nossa primeira parada foi no Jardim Botânico, que, preciso falar, é lindo demais! Antes, quando só via por fotos, confesso que o imaginava um pouco diferente: maior, e com vários tipos de flores diferente! Tipo isso: 

 Mas mesmo assim, nada diminui a sua beleza! O local tem muito mais verde, do que o colorido das flores, e a vista lá de cima, da estufa, é perfeita!

 Depois do almoço pegamos o tal ônibus turbo para chegar à Praça do Japão. Achei esse ônibus meio complicado pra quem não conhece a cidade, porque ele não tem aviso sonoro indicando a próxima parada. Mas mesmo assim conseguimos não nos perder e descer no ponto certo! 😉👍

 A Praça é bem bonitinha com vários detalhes que remetem à cultura japonesa. Na entrada dessa casinha aí da foto tem uma lojinha que vende souvenir e também uma biblioteca.

Nosso terceiro dia foi totalmente separado para irmos à Ilha do Mel. Mas o dia não estava muito bom, toda hora chovia um pouco. Além disso, eu estava meio resfriada, então, não saíram tantos registros bonitos desse passeio hahaha


Sobre o hotel:
 Como disse no início do post, ficamos hospedados no Hotel San Martin, no Centro de Curitiba. É um hotel bom, mas acho que a limpeza da suíte não estava 100%. Além disso, solicitamos um item para a recepção e não o recebemos até o fim da nossa estadia. Como pontos positivos destaco o café da manhã, que era bem gostoso e cheio de opções, e, é claro, a ótima localização! Mas, colocando na balança, acho que não seria a nossa escolha para uma próxima estadia na cidade.

Dicas:
✔ O clima em Curitiba é bem louco! Se você já ouviu que vai passar por todas as estações no mesmo dia, acredite, porque é verdade! 😂 De manhã cedo faz muito frio, depois começa a esquentar e durante o dia faz sol e bastante calor, e aí no fim da tarde começa a ficar mais nublado e pode até chover (como aconteceu em um dia!), e, à noite, volta a ficar bem fresquinho. 

✔ Por isso, levem protetor solar, porque você vai precisar durante o dia. Principalmente se for fazer o passeio no Ônibus de Turismo e decidir ficar no andar de cima!

✔ Leve também repelente! Nos Parques e na Ilha do Mel eles serão necessários hehe

✔ Ah, e por último, mas muito importante: se você é do RJ ou SP e está acostumado a sair "tarde" pra jantar, isso não vai ser possível em Curitiba! No primeiro dia saímos do hotel umas 20:30 pra comer no shopping e ele já estava fechado 😲😲😲 Sim! FECHADO! Eu também fiquei chocada, mas, o que o recepcionista do hotel falou (e, no outro dia, o taxista) é que, devido ao frio, o comércio costuma abrir às 9h e fechar às 19h / 20h. Bem diferente do que eu, aqui do RJ, estou acostumada hahaha


Links que podem te ajudar: 



 Então é isso, gente! Eu amei Curitiba, tanto como local turístico quanto como cidade em si. 💙 Com certeza é um destino que eu voltaria, principalmente porque não conheci todos os pontos da rota turística. E outra! A capital paranaense entrou pra minha lista de cidades do Brasil que eu moraria facilmente!

 Ah, se quiser ver um pouco mais sobre a minha viagem pra Curitiba, assiste esse vídeo aqui, que eu postei no meu canal do youtube:



AH! E agora temos um perfil de viagens lá no instagram! Segue lá: @porlugaresincriveiss 

Um beijo e até o próximo post! 
Tchaaau!

3 comentários:

  1. Muito bom o post! Gostei muito das fotos e a viagem parece ter sido muito legal!

    https://amorasdaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda! Que bom que gostou haha ^.^ Sim, foi muito!
      Beijos!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Oi! Me conta o que achou do post! Vou adorar ler sua opinião! :)