dia 1: o quão bonito é ser verdadeiro com nós mesmos

Rio, 18 de novembro de 2016     sexta-feira     13:41 
Dia 1 
O quão bonito é ser verdadeiro com nós mesmos 

 Conheci o Rizzih pelo canal Depois das Onze e logo me inscrevi no Rizzih Vlog. Descobri que ele não trabalhava apenas com o YouTube. Ele já atuava e cantava muito antes de pensar em criar um canal. E foi pelo seu lado músico que eu me apaixonei! Quando ele lançou Celeste, seu primeiro disco, cheguei a ouvir uma música aqui e outra ali, (principalmente Silabário, que é sua primeira música de trabalho) mas foi só depois de assistir ao Faixa à Faixa e conhecer a história de cada música que eu parei pra ouvir o CD inteiro.

 A sós, música que ele fez para a Violeta, uma de suas melhores amigas, foi a música que mais ficou na minha cabeça. Achei a letra linda! Aliás, acho a forma que o Rizzih compõe linda! Foge do clichê. Cada música tem a essência dele e ele expõe isso do jeito que ele acredita que tem que ser. Ele escreve o que sente como sente, e não como os outros querem ouvir.



A sós
(letra/música: Rizzih)


Se tua vinda tardasse a chegar
Eu ficaria aqui firme a te esperar
Colecionando calendários até o ciclo se fechar
E você poder vir morar comigo longe da distância
Mas sem dor meu rosto não seria riso e Violeta não serias tu
Assim, as cores seriam nude e o Amor seria um sentimento cru

Vou te buscar
A mudança é tempo pra quem quer revigorar
Vem pra acalmar
Estabelecer um pouco de paz nesse meu inferno tão peculiar

Só nós dois e uma madrugada inteira pra conversar
Só nós dois e uma infinidade de Amor pra cantar
Com você o manual da vida fica fácil de ler
Com você a hipótese de uma vida pra ser
Vivida juntos
Nesse e naquele que é só nosso mundo
Um mundo de nós
Eu, você e a existência a sós.


 Acho que isso é o que eu mais admiro em um artista. Quando ele é fiel com o que acredita. Quando não vai pelo caminho da fama, mas pelo caminho da arte (que, cá entre nós, é o mais longo!). E são artistas como o Rizzih que me inspiram e me fazem lembrar toda vez que sento pra escrever um post pro blog, ou um texto pro livro, o quão bonito é ser verdadeiro com nós mesmos.





|facebook | grupo | instagram | twitter | tumblr | youtube|

0 comentários:

Postar um comentário

Oi! Me conta o que achou do post! Vou adorar ler sua opinião! :)