| Comigo

quinta-feira, julho 28, 2016


Confesso que no início achava que ele ia desistir assim que virasse a primeira esquina. Que ia cansar e dizer que “seria melhor assim” (e eu ia concordar e fingir que ficaria bem). Achei, achei mesmo que ele ia querer um outro amor, o qual pudesse abraçar, agarrar e beijar. Fazer cócegas, carinho e dormir agarradinho depois de um bom filme.
 Decidi arriscar, mas jurei que ia quebrar a cara! Que no primeiro sinal de saudades, assim que eu cruzasse o oceano e ele sentisse aquela amostra grátis de solidão, ia chutar o balde e dizer adeus. E eu ia chorar pelos próximos meses, ouvindo Sam Smith enrolada nos lençóis e agarrada a uma barra de chocolate.
 Por sorte, destino, ou amor eu estava completamente errada. Ele quis ficar. Não exatamente aqui, mas comigo



VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

2 comentários

  1. Oi Isa, adorei! ♥
    Já falei que estou no aguardo do novo livrinho, né? Ok então XD
    Gostaria que lesse o último conto que postei lá no blog, considero muito sua opinião ;)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol! Que bom que gostou <3
      O livro novo tá QUASE hahaha Ah, li o seu conto e deixei meu comentário lá! ^.^
      Beijos!

      Excluir

Oi! Me conta o que achou do post! Vou adorar ler sua opinião! :)