| Arma de tinta

Não se sinta mal se sentir
que o que sentia acabou
Você pode vim e dizer
que a validade expirou.

Não liga se o amor acabar
E um texto novo nascer
Não se preocupa se papel e caneta
aparecer

Da minha arma de tinta não sai bala
sai  p a l a v r a
Ela atinge, mas...
 relaxa,
ela não mata.


Um comentário:

Oi! Me conta o que achou do post! Vou adorar ler sua opinião! :)