| Mala de memórias

quinta-feira, setembro 03, 2015

 Acho que a vida é uma constante descoberta. De lugares, de pessoas, de culturas, de idiomas, de sensações, de sabores, de aromas, de conceitos, de ritmos, de uma infinidade de coisas. E quando nos permitimos conhecer cada coisinha dessas, a gente acaba se conhecendo também. E só aí, quando percebemos que a tal felicidade está nas coisas mais simples espalhadas por esse mundão, aí sim a gente vive. E tudo começa a fazer sentido. 
 Uma vez li que todo mundo deveria viajar sozinho pelo menos uma vez na vida. Mas sozinho mesmo, sem irmãos, primos, ou amigos a tira colo. "Essa sim é uma grande aula de autoconhecimento!", dizia a matéria. Ainda não tive essa experiência, mas de uma coisa eu sei: o desconhecido nos proporciona lições únicas! É assim que a gente cresce, né? Saindo da zona de conforto, da bolha, da barra da saia da mãe. Há tanta coisa do lado de fora. Tanta coisa que a gente nem faz ideia que existe. Mas está lá. Só esperando a gente dá um chute na mesmice, e começar a se aventurar por aí. A melhor maneira de guardar histórias inesquecíveis é se jogando pra elas. Fazendo a mala e indo encontrar o nosso lugar no mundo. 
 Acho que essa bagagem é o maior tesouro que alguém pode ter. Não importa se adquirida numa viagem de três dias ou num mochilão de seis meses. Se o destino foi a cidade vizinha, estados que quase não se ouve falar, ou o país mais cobiçado pela maioria. Cada lugar, e cada pessoa desse lugar, e os costumes e crenças e valores de cada pessoa desse lugar tem algo a agregar. A gente sempre trás algo conosco e deixa um pedacinho da gente. Sempre há algo pra ser aprendido e ensinado. E essa troca, de verdade, não tem preço.

 Separei algumas fotos que traduzem bons momentos de viagens que fiz. Elas não são muitas (ainda!), mas já fazem parte de um cantinho todo especial no meu coração.

Arraial do Cabo - RJ

Rio das Ostras - RJ


Salvador - BA

Petrópolis - RJ 

Jardim Botânico - RJ

 Essa coleção de recordações ainda vai crescer bastante! E eu espero que vocês possam acompanhar tudinho aqui comigo, no Mala de Memórias. Um beijo!



VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

0 comentários

Oi! Me conta o que achou do post! Vou adorar ler sua opinião! :)